11 Principais Complicações da Pressão Arterial

complicações da pressão arterial

Conheça as principais complicações da pressão arterial que podem resultar consequências graves. Com uma pressão descontrolada, você pode acabar com uma deficiência, uma má qualidade de vida ou até mesmo um ataque cardíaco fatal.

A hipertensão arterial é um estado que está associado por fatores até uma doença comum, em que o sangue flui através dos vasos sanguíneos, ou artérias, as pressões mais elevadas do que o normal.

Tabagismo, Sedentarismo, Colesterol alto, Estresse, Deficiência de magnésio, Deficiência de vitamina D, Acido úrico elevado, Diabetes, Consumo de álcool, Obesidade, História familiar e etc.

A pressão sanguínea é a força do sangue empurrando as paredes de suas artérias quando o coração bombeia sangue. 

Para controlar ou reduzir a pressão alta, o médico pode recomendar que você adote mudanças no estilo de vida saudáveis, como padrões alimentares saudáveis ​​para o coração, como o plano alimentar balanceado sozinho ou com suplementação. 

É importante fazer leituras regulares da pressão arterial e saber seus números, porque a pressão alta geralmente não causa sintomas até que ocorram complicações sérias. 

Controlar ou baixar a pressão arterial também pode ajudar a prevenir ou retardar complicações da hipertensão, como doença renal crônica, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral e, possivelmente, demência vascular e outras. Confira!

Portanto saiba que não diagnosticada ou não controlada pode causar as seguintes complicações:

Complicações da pressão arterial

1 – Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Os derrames podem acontecer quando o fluxo sanguíneo é restrito a um dos vasos sanguíneos que dá sangue ao cérebro.

A pressão arterial afeta diretamente o fluxo sanguíneo para esse órgão vital.Por causa disso, aqueles com hipertensão têm uma chance maior de sofrer desta doença. 

2- Ataques Cardíacos

Ataques cardíacos são as principais associados as complicações da pressão arterial à pressão alta não controlada.

Claro, essa condição pode ser mortal. Ataques cardíacos ocorrem porque as artérias endurecem e se estreitam. Isso afeta seu fluxo sanguíneo.

3- Diabetes

Diabetes é diferente de outras doenças causadas pela pressão alta. Isso ocorre porque pode ser a causa ou o resultado da pressão alta não controlada.

A perda de controle sobre o açúcar no sangue pode afetar o fluxo sanguíneo. 

Também pode afetar sua saúde arterial e interromper o fluxo sanguíneo adequado para o coração.

No entanto, a pressão arterial causada por outros fatores pode afetar o sangue da mesma maneira. Isso reduz sua capacidade de usar açúcares como fonte de energia.

Às vezes, o diabetes pode piorar em pacientes com hipertensão. Isso se deve ao fato de que a pressão arterial afeta o metabolismo, a função do pâncreas e os rins.

4- Aterosclerose

Esta condição, que surge quando a pressão arterial elevada passa sem qualquer tratamento significativo, é considerada particularmente problemática. 

Isso porque a aterosclerose, que é o endurecimento das artérias, pode levar diretamente à doença arterial coronariana.

Se não for tratada, a aterosclerose pode levar ao bloqueio das artérias, tornando o fluxo sanguíneo especialmente difícil. 

Isso coloca uma pressão extra no coração, que tem que trabalhar mais para levar sangue aos órgãos necessários.

Em muitos casos, isso pode resultar em sérios problemas cardíacos, incluindo  são complicações da pressão arterial.

5- Doenças Renais

Seus rins são órgãos localizados em ambos os lados das costas. Eles são projetados para filtrar os resíduos do seu sangue . 

Eles também regulam os eletrólitos e eliminam o excesso de líquidos através da urina.

A hipertensão afeta diretamente suas funções. Ele restringe o fluxo sanguíneo que os rins precisam para funcionar bem.

Com o passar do tempo, isso causa uma forte deterioração do sistema renal. Acima de tudo, isso ocorre porque reduz a oxigenação e a passagem de nutrientes para esses órgãos.

Além disso, as artérias colocadas ao redor deles podem se estreitar. Isso limita sua capacidade de eliminar o desperdício. Também gera danos irreversíveis.

6- Doenças Oculares

A maioria das pessoas nem consegue imaginar quanto dano a pressão alta está causando à saúde ocular.

Pode parecer que não está relacionado a complicações da pressão arterial.

No entanto, o fluxo sanguíneo restrito em qualquer parte do corpo pode causar danos aos vasos sanguíneos da retina.

Pacientes diagnosticados com hipertensão geralmente desenvolvem lentamente doenças oculares. Essas doenças começam com sintomas comuns.

Por exemplo, alguns incluem inflamação, visão embaçada e perda de clareza.

7- Deficiência Cognitiva

A deficiência cognitiva leve é ​​um estágio de transição entre as mudanças na compreensão e memória que vêm com o envelhecimento e os problemas mais graves causados ​​pela doença de Alzheimer.

Tal como a demência, pode resultar do bloqueio do fluxo sanguíneo para o cérebro quando a pressão arterial elevada danifica as artérias.

8-  Disfunção Erétil

Uma das complicações da pressão arterial é uma preocupação séria para muitos idosos. 

Nos homens, pode apresentar sérios desafios no estilo de vida, desde tornar mais difícil ser fisicamente ativo até apresentar problemas para atividade sexual.

Se não for tratada, isso pode ter um impacto significativo nos relacionamentos e na auto-estima.

Além disso, alguns medicamentos desenvolvidos para ajudar no tratamento da hipertensão podem causar disfunção erétil. 

A boa notícia é que existem medicamentos que podem combater esse efeito e permitir que homens com hipertensão levem uma vida mais normal.

9- Pré-eclâmpsia

A hipertensão arterial que surge antes ou durante a gravidez pode resultar em uma condição conhecida como pré-eclâmpsia. 

Não deve ser confundido com a hipertensão gestacional, que é uma elevação mais comum da pressão que geralmente ocorre durante o segundo ou terceiro trimestre.

A pré-eclâmpsia, se surgir durante a gravidez, deve ser cuidadosamente monitorada, pois pode evitar que o feto obtenha o sangue e o oxigênio necessários para garantir um desenvolvimento saudável.

A mãe, enquanto isso, pode ver a pré-eclâmpsia danificar seu fígado, rins e até mesmo o cérebro. 

Casos graves de pré-eclâmpsia podem incluir convulsões que podem causar danos significativos à saúde da mãe ou do feto.

10- Perda Óssea

Outras possíveis complicações da pressão arterial elevada,  pode aumentar a quantidade de cálcio que está na sua urina.

A eliminação excessiva de cálcio pode levar à perda de densidade óssea (osteoporose), que por sua vez pode levar a ossos quebrados.

O risco é especialmente aumentado em mulheres mais velhas.

11 – Afeta a qualidade do sono

Também problemas para dormir, a apneia obstrutiva do sono – uma condição em que os músculos da garganta relaxam causando o ronco alto – ocorre em mais de metade das pessoas com pressão arterial elevada.

Além disso, a privação de sono resultante da apneia pode aumentar a sua pressão arterial.

Fonte: https://www.nhlbi.nih.gov/health-topics/high-blood-pressure

Veja também:

“A hipertensão não é uma doença, é um sintoma. Para que ela acabe, é preciso combater sua causa.” (Dr. Lair Ribeiro). 

√ Se cuida, siga nossas dicas de alimentação saudável assim terá vida longa sem precisar de remédios 

As informações foram úteis? Comente, Compartilhe e Avalie!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie! 

Summary
Article Name
11 Principais Complicações da Pressão Arterial
Description
Conheça as principais complicações da pressão arterial que podem resultar consequências graves. Controlar ou baixar a pressão arterial ajudar a prevenir ou retardar, doença renal crônica, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral, demência vascular e outras.
Author
Publisher Name
Silvana Rocha
Publisher Logo
 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta