Dieta Atkins: Perca Peso Hoje Com Saúde!

dieta atkins

Existem muitos planos nutricionais para perder peso, sendo que a maioria das dietas se baseiam em restrição de calorias, pelo menos em curto prazo. A longo prazo, no entanto, estudos mostram que regimes de baixo carboidrato, como a Dieta Atkins são mais eficazes para a perda de peso do que são as dietas padrões.

Em outros programas de emagrecimento, a maioria das pessoas recuperam o peso perdido, independentemente do regime.

Porém, estudos têm mostrado que pessoas que seguiram planos de dieta, como a Atkins, por dois anos ou mais, perderam em média 9 kg.

Alguns estudos sugerem que não é a isenção de carboidratos que leva à perda de peso com a Atkins.

Em vez disso, você pode reduzir peso fazendo melhores escolhas alimentares.

Comer menos gordura é uma boa maneira de emagrecer com saúde e se sentir bem com seu corpo.

Benefícios para a saúde

A Dieta Atkins mostra que uma boa alimentação pode prevenir ou melhorar as condições de saúde graves, como a síndrome metabólica, diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares.

Na verdade, quase toda a dieta que ajuda você a perder peso em excesso pode reduzir ou até mesmo reverter fatores de risco para doença cardiovascular e diabetes.

A maioria das dietas de perda de peso, não apenas dietas de baixo carboidrato, podem melhorar os níveis de colesterol ou açúcar no sangue, pelo menos temporariamente.

Um estudo mostrou que pessoas que seguiram a Dieta Atkins melhoraram os índices de triglicerídeos, sugerindo uma melhor saúde para o coração.

Mas não houve grandes estudos para mostrar se tais benefícios tem efeito a longo prazo ou aumentam a expectativa de vida.

Alguns especialistas em saúde acreditam que comer uma grande quantidade de gordura e proteína de origem animal, como permitido na Dieta, pode aumentar o risco de doenças cardíacas ou alguns tipos de câncer.

No entanto, aderindo a essa dieta, não se sabe exatamente quais os riscos que uma pessoa está sujeita a sofrer.

Isso porque ainda não há evidências suficientes para determinar que a Dieta faz mal e pode representar um risco durante um grande período de tempo.

Infelizmente, a maioria das pesquisas sobre o assunto se prolongam por dois anos ou mais.

Dieta Atkins1

Riscos da Dieta Atkins

A Dieta Atkins reconhece que cortar carboidratos drasticamente na fase inicial do programa pode resultar em alguns efeitos colaterais, incluindo:

  • Dor de cabeça: pode ocorrer dores passageiras na nuca.
  • Tontura e fraqueza: caso a pessoa fique muito tempo sem comer é possível sofrer de mal-estar, sensação de fraqueza e vertigens.
  • Fadiga: certo cansaço pode ser percebido durante a Dieta Atkins.
  • Constipação: pode haver dores de barriga, prisão de ventre e desconforto abdominal.

Além disso, algumas dietas de baixo carboidratos muito restritivas resultam em deficiências nutricionais ou de fibras, o que pode causar problemas de saúde como prisão de ventre, diarreia e náuseas.

Comer carboidratos que são ricos em fibras, grãos inteiros e nutrientes densos pode melhorar o perfil de saúde de pessoas que aderem a programas como a Dieta Atkins.

Essa dieta mudou ao longo do tempo para ajudar a prevenir problemas de saúde, e agora recomenda tomar uma pequena quantidade de sal extra, juntamente com vitaminas ou suplementos.

Também é possível que a restrição de carboidratos para menos de 20 gramas por dia, o nível recomendado para a fase 1 da dieta, pode resultar em cetose.

Esse processo ocorre quando não se tem açúcar suficiente (glicose) no sangue para gerar energia para o corpo quebrar a gordura armazenada.

Assim ocorre a transformação de cetonas que se acumulam no seu corpo. Os efeitos colaterais da cetose podem incluir náuseas, dor de cabeça, fadiga mental e mau hálito.

Recomendações para dar início a Dieta Atkins

A dieta não é apropriada para todos. Por exemplo, a Dieta recomenda que você consulte seu médico antes de começar esse regime.

Informe o nutricionista, caso você faça uso de diuréticos, insulina ou medicamentos orais para diabetes.

O profissional poderá solicitar exames de sangue para verificar como está sua saúde. Pessoas com doença renal grave não devem seguir a dieta.

Além disso, as fases de perda de peso da dieta não são adequadas para as mulheres que estão grávidas ou amamentando.

Veja também:

Gostou das dicas? Compartilhe e Avalie!!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie!!

 

 

Share Button
 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta