Dieta crua: A dieta que está revolucionando o mundo fitness.

Dieta crua

 A dieta crua conquistou muitas celebridades como a atriz Guilhermina Guinle que já são adeptas da chamada Raw food ou mais conhecida como comida crua em inglês.

Os criadores desta dieta garantem que um prato de salada pode ser considerado uma “poção mágica” para eliminar os quilinhos extras.

E mais! Uma dieta crua pode te deixar ainda mais jovem e com muito mais disposição! Quer aprender como ela funciona? Então continue lendo e veja como a dieta crua pode contribuir para melhorar a sua saúde.

Como funciona a dieta crua?

Esta dieta parte do princípio que o aquecimento dos alimentos faz com que as enzimas presentes nele sejam destruídas, perdendo assim muito do seu valor nutritivo e interferindo no processo de digestão.

Mas isto ocorre também quando o alimento cru entra em contato com a acidez do estômago e durante o seu preparo. Por isso os criadores da dieta crua atribuem os seus benefícios ao fato de que com uma alimentação rica em vegetais frescos, frutas, leite não pasteurizado e outros alimentos naturais você ganha:

  • Uma maior quantidade de nutrientes na dieta como as fibras (leia o artigo Benefícios Das fibras Para Saúde, Porque é Importante?) que estão diretamente associadas ao emagrecimento.
  • Vitaminas e minerais que contribuem para uma saúde melhor, melhorando todo o seu metabolismo.
  • Maior prevenção à retenção líquida.
  • Uma melhora do sistema imunológico e até sintomas de dores de cabeça e alergias.

O que consumir na dieta crua:

Esta dieta não prega nenhum tipo de radicalismo e sim a possibilidade de comer de forma mais natural, em menores quantidades e com uma maior qualidade dos alimentos. Na dieta crua você deve comer basicamente:

Quais os alimentos proibidos da dieta crua?

  • Leite e derivados pasteurizados
  • Açúcares
  • Farinhas
  • Condimentos
  • Produtos industrializados ou processados
  • Alimentos geneticamente modificados.

Como começar a dieta crua?

A inclusão dos alimentos para uma dieta totalmente crua deve acontecer de forma gradual. É importante passar pela fase de transição onde a sua alimentação pode ser 60% crua e os outros 40% com alimentos vegetarianos preparados da forma convenciona (cozidos).

Semana a semana você pode ir incluindo hábitos que te levem a ser 100% um adepto da dieta crua.

Acompanhe algumas dicas:

Dica 1: Antes de ir as compras busque por variedade de alimentos naturais.

Prepare uma listinha com os produtos que são permitidos para consumo.

Dica 2: Faça um café da manhã rico em frutas ou com uma vitamina de frutas utilizando o leite não pasteurizado.

Dica 3: Prepare uma salada caprichada para o seu almoço e jantar.

Inclua nas suas refeições principais as nozes, brotos, vagens e sementes.

Dica 4: Utilize a facilidade que a internet te dá e busque receitas diversificadas para o preparo das refeições.

Assim a adaptação à dieta se tornará mais fácil, porque não cairá na rotina.

Dica 5: Tenha disposição para mudar de hábitos.

Esta dieta não envolve somente a importância da adoção de um estilo de vida mais natural. Ela também prioriza a necessidade de se diminuir o nível de stress.

É preciso encher a sua mente com pensamentos positivos para que tudo flua melhor dentro e fora do seu organismo. E uma das melhores formas de se fazer isto é exercitando-se.

cropped-legumes-verduras-menor.jpg

Para te ajudar a iniciar a sua dieta trouxemos uma sugestão de cardápio. Anote:

Dieta Crua Cardápio

Café da manhã:

  • Suco verde (200 ml) sem açúcar pode usar de 3 a 4 gotas de stévia
  • 1 torrada grande com um pouquinho de requeijão light (só para umedecer) com 3 folhas de blanquet de peru.
  • ½ mamão papaia
  • 1 fatia média de abacaxi
  • 8 unidades de morango.

Lanche da manhã:

  • 1 fruta de sua preferência

Almoço:

  • 1 prato (sobremesa) de folhas variadas com tomate e palmito.
  • 1 colher (sobremesa) de azeite
  • 3 colheres (sobremesa) de arroz integral
  • 1 concha de caldo de feijão

Atenção: O arroz e feijão tem que ser obrigatoriamente cozidos e não podem faltar na dieta, para que a mesma não fique pobre em nutrientes, causando algum tipo de problema à sua saúde.

  • 1 escumadeira de carne moída temperada com tomate e salsinha
  • Sobremesa: Salada de frutas.

Lanche da tarde:

  • 1 copo de vitamina de frutas com hortelã e gengibre.

Faça a vitamina com leite não pasteurizado.

Jantar:

  • 1 prato (sobremesa) de salada de folhas variadas.
  • 1 porção de quiche de queijo branco light.

Acrescente legumes.  Para temperar use Azeite de Oliva, vinagre de maçã e sal.

O que você achou desta modalidade de dieta? Se gostou, curta, comente e compartilhe! Se você está determinada (o) em emagrecer com saúde busque pela orientação profissional de um nutricionista.

Mantenha o foco e a determinação, independente de qualquer obstáculo que possa surgir o mais importante é você pensar no quanto emagrecer vai interferir de forma mais que positiva em vários aspectos da sua vida.

A dieta ideal é sempre aquela que melhor atender as suas necessidades e objetivos. Pense nisso e até o próximo post!

 [do action=”euprec-ebook-form2-3″/]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Share Button
 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta