Dieta paleolítica para perder peso rápido

Dieta paleolítica

A Dieta Paleolítica é um plano de alimentação modelado em regimes pré-históricos. Mas será que pode ser uma boa alternativa para os seres humanos modernos? Esse plano nutricional se baseia em alimentos semelhantes aos que eram consumidos durante a era paleolítica, que data de cerca de 2,5 milhões a 10 mil anos atrás.

Uma dieta paleolítica normalmente inclui carnes magras, peixes, frutas, legumes, nozes e sementes, alimentos que no passado poderiam ser obtidos pela caça e pesca.

A dieta paleo se tornou comum quando a agricultura surgiu. Esses alimentos incluem produtos lácteos, legumes e grãos. A dieta paleo é conhecida também, como: dieta da Idade da Pedra, dieta caçadores-coletores e dieta do homem das cavernas.

A guerra contra a obesidade é um problema mundial. A meta de reduzir calorias hoje figura na vida de muita gente, mas nem sempre todos conquistam esse objetivo da forma que gostariam.

Quando ingerimos alimentos formados pela mistura dos seguintes nutrientes: carboidratos, proteínas, gorduras e álcool, o ganho de peso é inevitável.

A pergunta que fica é: se você enfatizar ou eliminar uma parcela desses alimentos é possível controlar o peso?

Esta tese surgiu há muito tempo e provavelmente continuará forte entre os nutricionistas. Quando as pessoas pesquisam por dietas eficazes para perda de peso encontram essa recomendação. Entretanto, se você quiser emagrecer com saúde, lembre-se que eliminar calorias é o que vale.

Dentro desse contexto, a dieta paleolítica pode ser uma boa opção, mas antes consulte um médico nutricionista para avaliar seu caso e indicar o melhor regime de emagrecimento.

É importante também realizar exames para verificar se sua saúde está em dia e que não há nenhuma disfunção metabólica impedindo você de emagrecer.

Propósito da dieta paleo

O objetivo da dieta paleo é recuperar uma maneira de comer mais parecida com a primeira alimentação dos seres humanos.

A teoria é que o corpo humano foi adequado para esse tipo de dieta e não para as dietas modernas atuais. Com o tempo mudou a alimentação das pessoas quando passou a se estabelecer produtos lácteos, cereais e leguminosas como componentes adicionais na dieta humana.

Essa mudança relativamente tarde e rápida na dieta, de acordo com essa hipótese, ultrapassou a capacidade do corpo de se adaptar.

Acredita-se que esse descompasso seja um fator que contribuiu para a prevalência da obesidade, diabetes e doenças cardíacas nos dias de hoje.

Por que você deve seguir uma dieta paleolítica:

– Por que pretende perder peso ou manter o organismo mais saudável;

– Melhorar o planejamento das refeições diárias;

– Prevenir doenças e outros problemas de saúde.

Dieta Paleolítica1

Detalhes de uma dieta paleolítica

As recomendações variam entre as dietas paleo comerciais, e alguns planos de dieta têm diretrizes mais rigorosas do que os outros. Em geral, as dietas paleolíticas seguem as seguintes diretrizes:

O que comer: frutas, legumes, nozes e sementes. Carnes magras, especialmente dos animais alimentados com capim ou caça selvagem. Peixes, especialmente aqueles ricos em ômega-3 ácidos gordos, como salmão e atum. Os óleos de frutos e nozes, tal como óleo de oliva ou óleo de noz.

O que evitar:

– Grãos, como trigo, aveia e cevada;

– Leguminosas, como feijão, lentilha, amendoim e ervilhas;

– Produtos diários;

– Açúcar refinado;

– Sal;

– Batatas;

– Alimentos altamente processados em geral.

Aqui estão algumas opções para você comer durante a semana.

– Grelhados de peixe e salmão.

– Lombo de porco magro assado e saladas (alface, cenoura, pepino, tomate, nozes e molho de suco de limão).

– Carne magra assada, brócolis cozido no vapor, salada (tomate, abacate, cebolas e amêndoas) e morangos para a sobremesa.

– Uma laranja, palitos de cenoura ou talos de aipo.

– Beba muita água todos os dias.

Considerações finais sobre a dieta paleolítica

Há poucas pesquisas clínicas sobre os benefícios dessa dietas. Alguns ensaios clínicos com duração de 12 semanas ou menos foram realizados com pequenos grupos de participantes.

Esses estudos sugerem que uma dieta paleo pode fornecer alguns benefícios moderados quando comparado com dietas de frutas, legumes, carnes magras, cereais integrais, legumes e produtos lácteos, com baixo teor de gordura.

Veja Também:

Tinha alguma duvida sobre essa dieta? O artigo te ajudou? Comente! Compartilhe e Avalie!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie!

 

Share Button
 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta