Dieta Para Tratamento Da Osteoporose

dieta para tratamento da osteoporose

A dieta para tratamento da osteoporose e prevenção é comer uma dieta rica em nutrientes, já que seu corpo precisa de muitos minerais, especialmente cálcio e magnésio, para proteger seus ossos.

O melhor tipo de dieta para comer para a saúde dos ossos é uma dieta alcalina.

dieta alcalina pode ajudar a equilibrar as proporções de minerais que são importantes para a construção de ossos e manutenção da massa muscular magra, incluindo cálcio, magnésio e fosfato.

Como bom resultado As dietas alcalinas também ajudam a melhorar a produção de hormônios de crescimento e absorção de vitamina D, que protegem os ossos à medida que você envelhece.

Links úteis:

Os alimentos abaixo ajudam a fornecer nutrientes importantes que constroem e mantêm a densidade óssea:

Dieta para tratamento da osteoporose

Laticínios crus –

Kefir, iogurte e queijo cru contêm cálcio, magnésio, vitamina K, fósforo e alimentos ricos em vitamina D,  que são vitais para a construção de ossos fortes.

Tal como acontece com o cálcio, é importante obter vitamina D suficiente se tiver osteoporose. Isso ocorre porque a vitamina D é essencial para ajudar seu corpo a absorver cálcio e construir ossos fortes. No entanto, além dos alimentos é fazer uso do suplemento.

Alimentos ricos em cálcio –

O cálcio é um componente estrutural essencial do esqueleto, portanto a deficiência de cálcio pode contribuir para ossos quebrados.

Algumas das melhores fontes de cálcio incluem todos os produtos lácteos, vegetais verdes (como brócolis, quiabo, couve e agrião), amêndoas e sardinhas.

Alimentos ricos em manganês –

Visto que esse o manganês está envolvido na formação da massa óssea e ajuda a equilibrar os hormônios naturalmente.

Então algumas das melhores fontes incluem grãos integrais como teff, arroz integral,  aveia e amaranto, feijão e legumes, nozes de macadâmia e avelãs.

Peixes capturados na natureza –

De modo que a osteoporose pode estar relacionada à inflamação crônica, Os ácidos graxos ômega-3 encontrados em certos peixes ajudam a reduzir a inflamação. As melhores fontes incluem salmão selvagem, sardinha, anchova, cavala e alabote.

Além das proteínas lembre- se que o suplemento é essencial veja todos os benefícios 

Vegetais marinhos –

É importante esses vegetais que são ricos em minerais essenciais para a formação óssea, além de antioxidantes que apoiam a saúde em geral. Tente incluir algas, nori, wakame, agar ou kombu em sua dieta.

Vegetais de folhas verdes –

Ossos precisam de vitamina K e cálcio para se manterem fortes, vegetais de folhas verdes cheios. Algumas das melhores fontes incluem couve, espinafre, acelga, agrião, couve, mostarda,  escarola e outros veja na lista (vitamina K).

Alimentos alcalinos –

A osteoporose pode estar relacionada a um ambiente ácido; portanto, ingerir muitas frutas e vegetais pode ajudar a promover um ambiente mais alcalino que evite a perda óssea.

Os alimentos mais alcalinos são: vegetais verdes, ervas e especiarias frescas, toranja, tomate, abacate, rabanete preto, erva de alfafa, cevada, pepino, couve, brócolis, repolho, aipo, beterraba, melancia e banana madura .

Além disso uma das melhores coisas para se ter é sucos verdes feitos de verduras e gramíneas, que são carregados com alimentos formadores alcalinos e clorofila.

Outras proteínas de qualidade –

Portanto na dieta para tratamento da osteoporose lembre  se de que, em idosos, dietas com pouca proteína podem prejudicar a saúde dos ossos. ( 1 )

No entanto, dietas muito ricas em proteínas também não são as mais saudáveis, porque tendem a ser excessivamente ácidas, por isso é importante estabelecer um equilíbrio.

Então procure comer uma quantidade moderada de proteínas limpas e de alta qualidade em cada refeição, como carne alimentada com capim, peixe selvagem, ovos e aves de capoeira, queijo fermentado e iogurte, nozes, sementes, feijões e legumes.

Quais alimentos você não deve ingerir se tiver osteoporose?

Seguindo uma dieta para tratamento da osteoporose os alimentos abaixo podem piorar a perda óssea e contribuir para uma baixa massa óssea:

  • Demasiado álcool – Aumenta a inflamação que pode levar a mais cálcio sendo lixiviado dos ossos.
  • Bebidas adoçadas – O alto teor de fósforo encontrado no refrigerante pode remover o cálcio dos ossos. O açúcar também aumenta a inflamação.
  • Açúcar adicionado – Aumenta a inflamação, o que pode piorar a osteoporose.
  • Carne vermelha processada – Uma alta ingestão de sódio e carne vermelha pode resultar em perda óssea.
  • Cafeína – A ingestão excessiva de cafeína pode resultar em perda óssea.
  • Você também deve evitar fumar, o que piora muitas condições crônicas de saúde.

Atividade Física

Além da dieta para tratamento da osteoporose, o exercício é benéfico para as pessoas com o problema por várias razões: ele pode ajudar a construir massa óssea, melhorar o equilíbrio e a flexibilidade, aliviar o estresse, reduzir a inflamação e muito mais. ( 2 )

Quais exercícios você deve evitar se tiver osteoporose?

Primeiro de tudo, segurança evite todas as atividades que exigem muito salto, flexão para a frente a partir da cintura ou muita torção da coluna.

Andar e outras atividades de suporte de peso são melhores para apoiar a resistência óssea. Tipos de exercícios que são mais recomendados para pessoas com baixa densidade óssea incluem:

  • caminhada rápida (uma esteira pode ser melhor para evitar quedas)
  • natação
  • exercícios de peso corporal como agachamentos e flexões assistidas
  • ioga
  • tai chi
  • Pilates

Você pode usar uma cadeira, parede, bandas, pesos leves e tubos para ajudá-lo.

Mesmo formas mais suaves de exercício são úteis; alguns estudos mostraram que adultos que praticam tai chi têm uma queda de 47% nas quedas e 25% na taxa de fratura de quadril daqueles que não o fazem. ( 3 )

Consequentemente se você sentir dor e dor por mais de um ou dois dias após o exercício, este provavelmente não é o tipo certo de exercício para você. Sempre fale com seu médico ou fisioterapeuta se não tiver certeza de qual tipo é melhor.

Como resultado para melhorar a densidade óssea, exercícios de musculação são essenciais, idealmente três vezes por semana por pelo menos 30 minutos de cada vez.

Assim como é melhor fazer “movimentos compostos” que fortaleçam várias partes do corpo de uma só vez.

Exemplos de exercícios compostos incluem: agachamentos, barras e halteres, mergulhos, todos os tipos de flexões, Se você é novo em treinamento de força e isso parece intimidante, considere trabalhar com um personal trainer ou participar de aulas de exercícios em grupo para obter ajuda. ( 4 )

Precauções

Converse com seu médico imediatamente se você tiver uma fratura óssea, dor óssea persistente, um palpite nas costas ou repetir ferimentos. É importante abordar a perda óssea o mais rápido possível, pois geralmente só piora com a idade.

Certifique-se de informar ao seu médico sobre quaisquer condições com as quais você tenha lidado no passado (um distúrbio alimentar, condição auto-imune, etc.), sua rotina de exercícios, dieta e outros fatores de risco.

Então você sofre desse problema? Comente sobre sua alimentação se estava seguindo corretamente os nutrientes importantes. E não esqueça de avaliar e compartilhar!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie!

 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta