Efeito platô na dieta low carb: Como fazer para driblá-lo?

Efeito platô na dieta low carb

Efeito platô na dieta low carb, isto é algo que incomoda muito ao adepto da dieta low carb, ou de qualquer outra dieta a qual se propõe a fazer.

Se essa é uma questão que hoje também faz parte do seu dia-a-dia, eu te convido a continuar essa gostosa leitura e descobrir de forma simples o que há por traz disso.

Assim, seguir a dieta low carb e ter o sucesso esperado ficará muito mais fácil. Confira!

O que é efeito platô?O que é efeito platô?

Efeito platô na dieta low carb ou outra dieta de baixa ingestão calórica, a qual você se torna adepto, pode ser definido como aquele momento em que o peso estaciona independente de você estar seguindo a dieta a risca e se dedicando aos exercícios físicos regularmente.

Se você está passando por isso, uma coisa eu te digo, isso é perfeitamente normal.

O efeito platô na dieta low carb, é uma reação natural do organismo, frente a uma brusca restrição calórica.

Quando a quantidade de calorias ofertadas ao organismo, está muito abaixo do que ele realmente necessita como um mecanismo de defesa ele passa a estocar energia, reduzindo o trabalho do metabolismo para que você não entre em desnutrição por quantidade insuficiente de nutrientes.

Como resultado, você estaciona na perda de peso e mais! Passa a ter grandes chances de ganhar peso em dobro, mesmo que você busque fazer uma dieta equilibrada, após uma grande restrição calórica, será praticamente inevitável o ganho de peso.

Por que o peso estaciona?

Um dos fatores que começa agora a ser desvendar o efeito platô na dieta low carb é:

1- Restrição calórica

Já explicamos a você que quanto mais restrita uma dieta, maiores as chances de o metabolismo ficar lento e poupar mais calorias, fazendo com que ao invés de emagrecer, você ganhe peso.

Mas este não pode ser considerado um fator único na rotina de quem se vê vivenciando o efeito platô, veja os demais a seguir.

2- Teoria do “set point”

Se você nunca ouviu falar nela, calma eu te explico! Pois bem, cada um de nós somos diferentes geneticamente uns dos outros, e isso também vale para nossa pré-disposição ao sobrepeso e/ou obesidade.

Já ouviu falar naquela frase: “A pessoa come, come, come e não engorda”.

Pois bem, isso acontece exatamente pela genética que cada um possui, onde o organismo define o “set point” de cada um.

O que significa que alguns têm um metabolismo naturalmente mais acelerado, e perdem peso mais facilmente. Mesmo estas pessoas, quando chegam ao peso considerado fisiologicamente ideal para ele, o organismo por uma reação natural, na tentativa de manter o “set point” (1) estaciona na queima calórica.

Assim como outras pessoas, tem um metabolismo mais lento, e precisam fazer uso de estratégias para alcançar suas metas na dieta e ter como sair do efeito platô na dieta.

3- Ganho de massa muscular

Uma dieta que combina a ingestão de boas fontes de gordura e proteína, como é o caso da dieta low carb, tem como consequência o ganho de massa muscular e o ganho de massa muscular pode fazer com que os ponteiros da balança subam.

No entanto, isso não quer dizer que você engordou. Os músculos são mais densos e pesam mais que a gordura.

4- Deslizes e relaxo nos exercícios físicos

Se você está passando pelo efeito platô na dieta low carb, pare, pense e reavalie suas condutas.

Isso porque você pode ter cometido alguns deslizes e também ter relaxado um pouco na rotina de exercícios e isso comprometeu seus resultados de forma expressiva.

5- Pular as refeições

Isso faz com que o corpo diminua a atividade metabólica para racionar energia.

Efeito platô dura quanto tempo?

Essa é uma resposta que varia muito conforme o organismo, a rotina de cada pessoa, assim como suas características individuais como peso, altura e idade.

Veja este depoimento:

“Parei de emagrecer na dieta low carb, nos primeiros 2 meses perdi 11 quilos, no terceiro só 1 quilo e no quarto e quinto não perdi nada”.

Neste caso, não podemos considerar que todos os seus esforços em seguir a dieta low carb, estejam perdidos. Isso porque o efeito platô não é para sempre.

Alguns duram apenas 2 semanas, enquanto outros podem durar até 1 mês, mas em ambos os períodos podem ser inclusas estratégias na rotina diária, que levem ao “despertar” do metabolismo, fazendo-o com que volte a trabalhar e com isso você volta a emagrecer.

Como sair do efeito platô na dieta

Se você chegou até aqui, é porque com certeza precisa saber como sair do efeito platô na dieta low carb. E é isto que você vai aprender a partir de agora, de forma simples. Confira!

Dica 1. Acompanhe suas medidas

Disse aqui, que um dos fatores para passar pelo temido efeito platô na dieta, é o fato de acompanhar a perda de peso pelos números da balança. Este é um erro!

Para avaliar seus reais resultados com a dieta, você deve fazer o acompanhamento antropométrico medindo sua circunferência abdominal, assim como a porcentagem de gordura corporal mês a mês.

Assim, você terá a real noção do quanto de sua composição corporal é gordura e o quanto é músculo.

Dica 2. Reajuste a dieta

Se você entrou no efeito platô na dieta low carb e ele está demorando muito para ir embora, é hora de reajustar a dieta, começando pela quantidade de carboidratos na dieta. Neste momento, você pode estar pensando “mas eu estou comendo poucos carboidratos”.

Essa é a questão, às vezes você precisa reduzir ainda mais a quantidade a ser consumida para recomeçar a ter resultados.

Normalmente, para estes casos recomenda-se menos de 50 gramas de carboidratos por dia. Além disso, você pode não estar priorizando uma dieta de qualidade no dia-a-dia. Sim!

Fazer uma dieta low carb é se voltar ao natural, comendo comida de verdade. Portanto, para ter bons resultados, elimine os alimentos processados e industrializados de forma geral, (2) aqui vale dizer que eles não devem entrar em sua dieta nem como exceção.

Mude o cardápio busque diversificar sempre os alimentos para fornecer diferentes vitaminas ao organismo.

A regra básica é substituir os carboidratos por alimentos nutritivos, e consumir gorduras e proteínas em quantidade suficiente.

Dica 3. Faça uso dos termogênicos

Os termogênicos aceleram o metabolismo se tornando a melhor opção para sair do efeito platô. São eles:

  • Canela;
  • Chás;
  • Canela;
  • Pimenta;
  • Gengibre;
  • Água gelada.

Links úteis:

Dica 4. Mude a rotina de exercícios

Para sair do efeito platô, você não só deve redefinir as quantidades a serem consumidas na dieta assim como mudar a rotina de exercícios, intensificando a intensidade e intercalando com exercícios de musculação para favorecer o ganho de massa magra e assim melhorar o metabolismo.

Dica 5. Relaxe

Às vezes, na ânsia de atingir logo os resultados com a dieta as pessoas ficam estressadas.

Uma coisa é certa! Dieta low carb e estresse não combinam. Isso porque o estresse provoca o aumento do cortisol, hormônio do estresse que pode levar você a comer mais, e o pior pode também escolher alimentos não saudáveis.

Por isso, para ter como sair do efeito platô na dieta low carb, inclua em sua rotina exercícios de meditação e outras atividades que possam lhe proporcionar o relaxamento.

Dica 6. Experimente o jejum intermitente

O jejum intermitente (3) curto é uma ótima estratégia para acordar o metabolismo, fazendo-o queimar calorias.

A proposta do jejum intermitente mais conhecida e adotada por quem se torna adepto da dieta low carb, é o jejum 24 horas.

Neste período só estarão liberados:

  • Água;
  • Café;
  • Chá;

Recomenda-se o jejum por 1 a 2 vezes por semana.

Mas atenção! O jejum intermitente é uma prática baseada em estudos científicos, mas só pode ser adotada por pessoas saudáveis, e que não façam uso de medicamentos de uso contínuo.

Dica 7. Não exagere nas frutas oleaginosas

Em uma dieta low carb, as gorduras serão a sua principal fonte de energia, mas não é qualquer fonte de gordura, você deve escolher as gorduras do bem representadas, por exemplo, pelas frutas oleaginosas como as nozes, castanhas e amêndoas.

Este tipo de gordura irá trazer a principal vantagem de dar saciedade e manter os níveis de açúcar no sangue sob controle, o que irá reduzir para valer os ponteiros da balança.

No entanto, em uma fase em que você entra no efeito platô, é preciso prestar atenção se você não está exagerando nas quantidades a serem consumidas dessas frutas.

Isso porque apesar de saudáveis, elas não deixam de conter calorias. Sim! Cada grama de gordura contém 9 calorias e se você exagerar com certeza, irá experimentar a amarga experiência do efeito platô na dieta low carb.

Veja também:

Hora de compartilhar sua opinião

Essas foram nossas dicas de como sair do efeito platô na dieta low carb, você as aprovou? Se sim, este é o momento para coloca-las em prática e alcançar de vez a boa forma que tanto deseja.

Compartilhe e Avalie!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie! 😉

 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

5 comentários

  • responder
    Marcos Paulo
    at

    Parabéns pelo Blog, gostei das dicas. To passando por esse tal de platô ai eu acho kkkk. Emagreci 10 kg em 30 dias e de uma semana pra ca não perdi mais nada, fiz foi aumentar 1,6kg sem alterar em nada a dieta ou os treinos.
    Vou adotar outras estratégias e conversar com o instrutor pra ver se estou aumentanto massa magra.
    Grande abraços, até mais.

     
    • responder
      Silvana Rocha
      at

      obrigado pelo elogio e visita, siga as dicas e acabe com o platô da sua dieta. qualquer duvida é só me procurar ok? bj

       
  • responder
    Jonathan
    at

    Muito interessante este fato, ainda há alguns dias eu estava a conversar com um amigo que está fazendo dieta e praticando atividades físicas regularmente e ele me disse que já tinha emagrecido porém chegou num ponto em que foi muito difícil passar…agora entendo o motivo.
    Muito obrigado!

     
  • responder
    Endrigo
    at

    Realmente estou em plato de perda de peso a 6 meses já. Acredito que possa ser ganho de massa muscular mesmo, perdi 40kg nos primeiros 8 meses e desde então ganhei 2kg já. Irei testar as dicas de aumentas exercícios físicos de alta intensidade, muito obrigado pela excelente matéria e dicas, certamente me ajudou e ajudará muitas pessoas, abraços

     
    • responder
      Silvana Rocha
      at

      Olá, fico muito feliz por ser útil, esse artigo é exatamente tudo que é necessário para o efeito platô para qualquer dieta não só a low carb, visto que por si próprio chegou a sua conclusão como minha ajuda, vale te deixar mais algumas dicas.

      Faça o calculo do seu IMC (significa Índice de Massa Corporal).

      É necessário ter em conta dois elementos no cálculo das suas necessidades calóricas:

      o metabolismo de base
      a sua atividade física

      O seu gasto energético diário é tido em conta nas suas necessidades calóricas. Isso inclui entre outras coisas, a sua altura, o seu peso, o seu sexo e a sua estatura. Em geral, pode perder peso mais rapidamente, ou manter, se reduzir a sua ingestão de calorias e aumentar a sua atividade física. No entanto, pelo contrário, irá engordar se absorver mais calorias do que as que gasta.

      Fica a dica e qualquer mais alguma informação estou a disposição ok? bjos

       

    Deixe uma resposta