Fibromialgia Alimentos Adequados e o Que Evitar

fibromialgia alimentos adequados

Vários estudos clínicos mostram que o tratamento dos sintomas da fibromialgia alimentos adequados requer uma abordagem importante que inclui mudanças na dieta e nutrição.

Um estudo colaborativo de pesquisadores na Itália descobriu que pacientes com fibromialgia podem se beneficiar de mudanças dietéticas específicas e suplementação nutricional. ( 12 )

Este estudo descobriu que a eliminação do glúten tem o potencial de melhorar os sintomas da fibromialgia.

Este resultado é ecoado em outro estudo recente publicado na Arthritis Research & Therapy, onde os pesquisadores estudaram o efeito de uma dieta livre de glúten de um ano em pacientes com IBS co-ocorrendo e fibromialgia. ( 13 )

De fato, um dos subgrupos do estudo experimentou melhora significativa em todos os sintomas e uma melhora nos escores de qualidade de vida.

Fibromialgia alimentos a evitar

Dos alimentos a evitar ao tratar a fibromialgia, o glúten é obviamente fundamental.

Pesquisadores de ambos os estudos acima incentivam mais pesquisas e estudos adicionais de mudanças nutricionais e nutricionais recomendadas para pacientes com fibromialgia.

Além de eliminar o glúten, é essencial limitar a ingestão de cafeína, pois pode contribuir para o sono inquieto e insônia, ansiedade, tremores musculares e depressão – muitos dos sintomas que os pacientes com esse problema experimentam todos os dias.

Lembre-se, a cafeína espreita não só no café, chá e colas, mas também em bebidas energéticas, refrigerantes com sabor não-cola e até mesmo alguns analgésicos vendidos sem receita médica.

Fibromialgia alimentos adequados e evitar requer atenção no álcool, açúcares e sal refinados enquanto a farinha branca nem precisa comentar ou seja o glúten já abrange geral.

Atualmente, o FDA não exige que a cafeína seja listada nos rótulos nutricionais. Isso dificulta que as pessoas tentem limitar ou evitar a cafeína.

Esteja atento às barras de chocolate, pois alguns fabricantes adicionam cafeína à sua receita, bem como pílulas dietéticas e alguns alimentos processados ​​enganosos, comercializados como “ousados” ou “faiscópios matinais”.

O Dr. Axe

Recomenda a todos os  pacientes para evitar adoçantes artificiais a todo custo. Feitos de produtos químicos perigosos, muitos adoçantes artificiais comuns no mercado hoje contêm compostos ligados ao câncer, condições da tireóide, perda de memória e convulsões.

Ao combater os sintomas da fibromialgia, é importante não estimular mais complicações e condições médicas.

Reduzindo a carga tóxica do seu corpo, eliminando o glúten, cafeína, adoçantes artificiais, alimentos processados ​​e óleos parcialmente hidrogenados e gorduras trans, você pode fazer a diferença na forma como se sente e na sua qualidade de vida.

Existem alimentos que, quando consumidos diariamente ou em excesso, comprometem a saúde do doente com fibromialgia, podendo mesmo desencadear alguns dos sintomas.

Esses alimentos são: (em excesso)

  • Ricos em oxalatos, como espinafres, acelga ou beterraba.
  • Ricos em purinas, como vísceras, carnes vermelhas e mariscos.
  • Ricos em gorduras saturadas, como carnes vermelhas gordas, produtos de charcutaria e de salsicharia, manteiga e lacticínios gordos.
  • Alimentos vegetais da família das solanáceas, como tomate, batata e berinjela.
  • E ainda: álcool, café, chá, açúcares e sal.

Fibromialgia alimentos adequados

  • A pessoa que sofre de fibromialgia deve evitar alimentos que contenham cafeína, teína e outras substâncias estimulantes, uma vez que podem atrapalhar o sono, que nos pacientes com a síndrome já se encontra prejudicado.
  • Aconselha-se, em alternativa, a ingestão de infusões com propriedades calmantes, ou seja, que induzam o sono: erva-cidreira, passiflora, hortelã, melissa e camomila.

Vitamina C

  • Devido a uma ingestão prolongada de medicamentos analgésicos, utilizados para aliviar as dores, recomenda-se o aumento da ingestão de alimentos ricos em ácido ascórbico (vitamina C) e potássio, como frutas cítricas, manga, papaia, kiwi, morango, acerola, brócolos, banana, farelo de aveia, nozes e damasco.

Confira lista completa de alimentos abaixo

Lista de Alimentos Ricos em Vitamina C Completa

15 Alimentos Mais Ricos em Potássio e Benefícios

Cálcio

  • Importante também são os alimentos ricos em cálcio (que se encontram em amêndoas, couves, brócolos, agrião, iogurtes e outros lacticínios, preferencialmente magros, atum e feijão);

Confira a lista dos alimentos abaixo

15 Vegetais Ricos em Cálcio – Tabela

Magnésio

Alimentos ricos em magnésio Inclua muitos vegetais de folhas verdes, sementes de abóbora, iogurte ou kefir, amêndoas e abacates sementes de abóbora e girassol, gergelim, banana, grão-de-bico, lentilhas, quiabo, algas marinhas, couves, granola, aveia, arroz integral, para aumentar os níveis de magnésio.

Um mínimo de três porções por dia destes alimentos para ajudar a aliviar a dor e desconforto associados à fibromialgia. ( 14 )

Estes minerais são fundamentais e melhoram a contração muscular e a transmissão dos impulsos nervosos.

Coenzima Q10

  • A  coenzima Q10 também é um nutriente importante no tratamento da fibromialgia, já que atua em sinergia com a vitamina A e E, melhorando e beneficiando o sistema imunitário.

Porém, como a maioria das pessoas que sofrem de fibromialgia desenvolve uma depressão, a ingestão de alimentos ricos no aminoácido triptofano.

É importante, dado que este é essencial para a produção de serotonina – neurotransmissor que confere uma sensação de bem-estar e relaxamento, vulgarmente designado como a “hormona da felicidade”.

Este aminoácido pode encontrar-se em alimentos como carnes magras (peito de peru e peito de frango), leite vegetal e banana, por exemplo.

Alguns estudos, uma alimentação vegetariana ou uma alimentação pobre em proteínas de origem animal e rica em proteínas de origem vegetal têm-se revelado eficazes na redução da sintomatologia fibromiálgica.

Confira a lista dos vegetais ricos em proteínas

Ranking vegetais ricos em proteínas

Ômega 3

  • Salmão  e atum são excelentes fontes de ácidos graxos ômega-3 e outras vitaminas e minerais essenciais.
  • Para pessoas com fibromialgia alimentos adequados assim como outras condições reumatoides, o peixes selvagens e óleo de peixe são essenciais.

Os suplementos de ômega-3 podem reduzir a rigidez, a dor nas articulações, diminuir a depressão e melhorar as habilidades mentais. ( 18 )

  • Aconselha-se a comer mais peixe do que carne, porque a digestão do pescado é mais fácil e os seus benefícios para a saúde também são mais evidentes.
  • Uma alimentação equilibrada, rica em alimentos antioxidantes e anti-inflamatórios, auxilia no tratamento da doença. Se necessário, para conseguir por em prática uma dieta mais equilibrada e personalizada, consulte um nutricionista.

Muitos pacientes com fibromialgia têm deficiências nutricionais subjacentes e podem ser deficientes em nutrientes essenciais, incluindo vitaminas B12 , C e D, bem como ácido fólico e magnésio mineral essencial .

O objetivo é reduzir a inflamação e construir as defesas naturais do corpo. Simplificando, isso requer uma mudança na dieta, uma mudança radical para algumas pessoas.

Óleo de Coco:

Substitua todas as gorduras insalubres por óleo de coco. Incorporar de três a quatro colheres de sopa por dia em sua dieta para ajudar a reduzir a dor nas articulações, equilibrar os hormônios, melhorar a memória e a função cerebral geral ( 17 ).

Alimentos Fermentados e Bebidas:

Kombuchá  e outros produtos fermentados ajudam a restaurar um equilíbrio floral saudável para o intestino.

Como muitos sofredores de fibromialgia alimentos adequados também que têm IBS, é importante melhorar a digestão.

Chucrute e kefir também devem ser incorporados à dieta da fibromialgia para ajudar a aliviar a ‘fibro nevoeiro’, dores e dores.

Açafrão

Adicione cúrcuma  recém-ralada (ou curcumina) às suas receitas favoritas.

A curcumina é o ingrediente para fibromialgia alimentos adequados não ficar de fora, é conhecido por seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, sendo o mais eficiente natural.

Para ajudar o corpo a absorver adequadamente, é importante consumir cúrcuma com pimenta preta.

Veja duas receitas no link  Chá de Açafrão com Pimenta-do-reino e Benefícios

Gengibre:

Este tempero anti-inflamatório forte e comprovado ajuda a aliviar a dor.

Em um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo em Miami, os pesquisadores descobriram que os participantes do estudo que receberam gengibre tiveram uma redução maior na dor no joelho do que aqueles que receberam paracetamol. ( 19 )

Adicione gengibre fresco a molhos de salada, marinadas e outras receitas favoritas.

Você sofre com esse problema? segue a sua alimentação correta? Comente, Compartilhe e Avalie!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie!

 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta