FODMAPs e Síndrome do Intestino Irritável

FODMAPs e Síndrome do Intestino Irritável

FODMAPs é um acrônimo para uma coleção de moléculas de alimentos (principalmente açúcares) que são carboidratos de cadeia curta, ambos fermentáveis ​​e mal absorvidos no intestino.

Se você nunca ouviu o termo “FODMAPs” já adiantei suas pesquisas, aqui está uma breve explicação, no final você terá a solução com a dieta especifica, e todas as perguntas e respostas!

O que significa FODMAPs?

 

FODMAPs – Fermentáveis, oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis.

Estes são açúcares específicos encontrados nos alimentos, como frutose, lactose, frutanos, galactanos e polióis.

Porque eles não são completamente absorvidos pelo corpo humano, eles são facilmente fermentados por bactérias intestinais e podem causar problemas gastrointestinais significativos.

Os FODMAPs comuns incluem:

  • Frutose: Um açúcar simples encontrado em muitas frutas, vegetais e açúcares adicionados.
  • Lactose: Um carboidrato encontrado em produtos lácteos, como leite.
  • Frutanos: encontrados em muitos alimentos, incluindo grãos de glúten como trigo, espelta, centeio e cevada.
  • Galactanos: encontrados em grandes quantidades em leguminosas.
  • Polióis: álcoois de açúcar como xilitol, sorbitol, maltitol e manitol. Eles são encontrados em algumas frutas e legumes e muitas vezes usados ​​como adoçantes.

O amido, o carboidrato mais comum na dieta, consiste em cadeias muito longas de moléculas de glicose.

FODMAPs, no entanto, são geralmente carboidratos de “cadeia curta”.

Isto significa que eles são apenas 1, 2 ou alguns açúcares ligados entre si.

Para algumas pessoas, esses carboidratos passam pela maior parte do intestino inalterados.

Quando chegam ao extremo, eles são usados ​​como combustível (fermentado) pelas bactérias intestinais que residem lá.

Síndrome do Intestino Irritável e FODMAPs

A Síndrome do Intestino Irritável (SII) é uma alteração funcional, que atinge 20% da população, sendo duas vezes mais frequente no sexo feminino e trazendo enorme prejuízo à qualidade de vida dos que apresentam essa doença.

Apesar da SII ser uma das alterações mais comuns vistas em consultórios de gastroenterologia, os tratamentos ainda apresentam resultados limítrofes ou parciais.

Os sintomas principais da SII

  • São dor abdominal,
  • aumento de gases intestinais e distensão abdominal,
  • flatulência,
  • diarreia,
  • constipação,
  • alteração da forma das fezes,
  • aumento dos ruídos intestinais,
  • sensação de evacuação incompleta,
  • urgência para defecar e presença de muco nas fezes.

O IBS afeta mais de 10% da população mundial. FODMAPs foi mostrado para não só tirar o fardo do sistema digestivo , mas também reduzir significativamente os sintomas da SII.

Felizmente a dieta baixa FODMAPs trouxe esperança muito necessária para milhões de pessoas, porque IBS é uma doença tão comum e complicada.

Aqui estão alguns fatos importantes que li sobre IBS a partir de um artigo publicado na revista Clinical Epidemiology :1 )

√ As mulheres mais jovens correm maior risco, e as pessoas com mais de 50 anos têm 25% menos probabilidade de serem afetadas.

√ Apenas 30% das pessoas com IBS consultam um médico para tratamento, o que nos diz que há um enorme grupo de pessoas que estão sofrendo com o IBS e não tem ideia de como tratá-lo, porque essas pessoas nem sabem o que está contra.

√ É importante perceber que essas pessoas não estão se afastando do médico porque não querem ajuda, mas porque estão confusas.

De acordo com o estudo, os pacientes não diagnosticados com SII “não apresentam sintomas abdominais significativamente diferentes daqueles que fazem consultas, mas apresentam maiores níveis de ansiedade e menor qualidade de vida.”

√  Os sintomas da SII são difíceis de diagnosticar porque são muito semelhante aos sintomas digestivos comuns.

√ Além disso, embora as pessoas provavelmente não morrerão mais cedo por causa disso, “os pacientes diagnosticados têm alta probabilidade de ter outras doenças funcionais e têm mais cirurgias do que a população em geral”, o que indiretamente poderia levar a maiores taxas de mortalidade e outras doenças. / ou doença.

Fontes: (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10)

Conclusão

Assim surgiu assim a dieta “low FODMAP’s” é o que você vai conhecer tudo sobre no links abaixo:

Deixe aqui seu comentário, e não esqueça de compartilhar e Avaliar!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie!

 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta