Obesidade Mórbida: Conheça as causas e tratamento.

obesidade mórbida

Uma pessoa está sofrendo de Obesidade mórbida quando há um excesso de gordura que coloca em risco o seu bem-estar e a sua vida.

A pessoa estará com essa doença se, ao calcular o IMC, ele for maior ou igual a 40 kg/m² que quer dizer que a obesidade está no grau 3.

Esse tipo de obesidade é um grave problema de saúde pública que acomete muitas pessoas devido a uma ingestão elevada de calorias.

Para gastar as calorias que são ingeridas é necessário fazer alguma atividade física ou exercício físico mas, algumas vezes, pode acontecer de uma pessoa ter consumido tanta caloria que um simples exercício físico não vai ser o suficiente para gastar esse excesso.

Links Úteis:

Por isso que o peso irá aumentar e acontecerá o acúmulo de gordura.

Essa é uma doença grave que está associada a uma elevada incidência de complicações que tem como sua principal consequência a redução significativa do limite de vida.

Como causa de morte evitável, a obesidade mórbida fica em segundo lugar no mundo, perdendo apenas para os acidentes automobilísticos.

Ou seja, essa é uma doença que pode ser evitada, basta seguir uma dieta saudável e sair sedentarismo que as chances de desenvolver essa doença diminuem drasticamente.

Obesidade Mórbida IMC

O IMC classifica o peso através de um cálculo. Sua classificação se dá da seguinte forma:

  • Valor menor que 18,5 indica que a pessoa está abaixo do peso;
  • Entre 18,5 e 24,5, a pessoa está com o peso normal;
  • Entre 20,0 e 29,9 a pessoa está com sobrepeso;
  • Entre 30,0 e 34,9 a pessoa está sofrendo de obesidade leve ou grau I;
  • Valor entre 35,0 e 39,9 indica que a pessoa está sofrendo de obesidade moderada ou grau II;
  • Valores acima de 40,0 indicam que a pessoa está com obesidade mórbida.

O que causa a obesidade mórbida

Alguns fatores contribuem para a ocorrência desse tipo de obesidade. Pessoas que são sedentárias, consomem exageradamente alimentos muito calóricos que tem um alto teor de gordura ou açúcar, que sofrem de distúrbios emocionais, tem doença genética e doenças hormonais são as que tem um risco real de desenvolver a obesidade mórbida.

Como prevenir

A prevenção é simples e está ao alcance de qualquer pessoa afinal, basta se alimentar com alimentos saudáveis, que possuam um baixo teor de gordura e praticar algum exercício físico diariamente ou até mesmo um esporte.

Como tratar

Uma pessoa com obesidade mórbida que deseja ter a saúde de volta precisa emagrecer. O mais indicado é procurar um nutricionista e seguir a dieta passada por esse profissional.

Fazer atividade física todos os dias também ajuda a emagrecer. Porém, em alguns casos, somente a cirurgia pode ajudar o paciente nessa árdua caminhada.

Para tratar a obesidade mórbida é necessária uma equipe multidisciplinar para indicar ao paciente quais exercícios físicos devem ser feitos diariamente, qual dieta que ele vai ter de fazer além das consultas semanais com um psicólogo que pode ser de grande ajuda afinal, perder peso não é uma tarefa fácil e pode desestruturar o psicológico do paciente se ele não obtiver a perda de peso que gostaria.

Também existem alguns remédios que ajudam a tirar a fome, a aumentar o metabolismo e a proporcionar uma maior vontade de urinar.

Mas depende de cada pessoa pois cada caso é um caso. Nem sempre quem faz um tratamento com essa medicação vai ter os mesmos resultados que o seu, portanto, não desanime se os resultados obtidos não forem os que você estava esperando.

Mas, em alguns casos, o médico pode indicar a realização de uma cirurgia. Porém, antes dessa cirurgia ser realizada, é necessário que o paciente perca mais de 10% da quantidade de gordura que está acumulada.

Obesidade mórbida infantil

A obesidade mórbida não acontece  apenas os adultos: as crianças também correm o risco de desenvolvê-la.

Na criança, ela é caracterizada pelo excesso de peso nos bebês e crianças e quando o seu peso corporal ultrapassa o peso médio correspondente a idade da mesma em 15%.

Com isso, o risco da criança desenvolver problemas graves de saúde como pressão alta ou de ter algum tipo de dificuldade respiratória, por exemplo, aumentam consideravelmente.

 Fonte de pesquisa:  http://www.infoescola.com/doencas/obesidade-morbida/

 

 

 

 

Share Button
 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta