Polvilho doce e azedo qual a diferença e benefícios

polvilho doce e azedo

Polvilho, um dos alimentos mais consumidos pelas musas fitness. Mas afinal, quais são os reais benefícios deste alimento, seja ele o polvilho doce e azedo? É o que você vai descobrir a partir de agora.

Polvilho doce e azedo

O polvilho é derivado da fécula de mandioca e o que difere do polvilho doce e azedo é o seu grau de acidez, além do processo de fabricação. Enquanto que o polvilho azedo sofre um processo de fermentação antes da fase de secagem, o doce é moído e seco ao sol.

Benefícios do polvilho doce para saúde

É fonte de carboidrato, ou seja, de energia com baixas concentrações de proteína e gordura;

Contém vitaminas do complexo B, entre elas a que mais se destaca é a vitamina B3 (niacina). O que colabora para o bom funcionamento do metabolismo e também para reduzir a ansiedade, já que estas vitaminas atuam no sistema nervoso;

É fonte de potássio. O potássio é um importante mineral para regular os níveis de glicemia, o que evita os picos de açúcar no sangue e o acúmulo de gordura. Além disso, faz o balanço de líquidos entre as células, o que evita a retenção de líquidos e o consequente aumento de medidas corporais.

E mais! É o tipo de mineral que não pode faltar na dieta de quem faz atividade física. Isso porque mantém os músculos fortes, servindo coo motivação natural para você se manter ativo fisicamente. Consumindo alimentos fonte de potássio, você também ganha um aliado para o bom funcionamento do metabolismo;

É um alimento sem glúten (proteína do trigo), sendo um aliado para quem sofre com a doença celíaca, ou pra quem deseja seguir uma dieta restritiva em glúten, a fim de evitar suas consequências inflamatórias no organismo, assim conseguindo perder peso;

É um subproduto da mandioca versátil, servindo como base de várias preparações como pão de queijo, bolos, biscoitos, panquecas e outras preparações que sua criatividade permitir.

Links úteis:

Polvilho doce índice glicêmico

Índice glicêmico refere-se à velocidade que a glicose cai na corrente sanguínea. Quanto maior o índice glicêmico de um alimento, mais rápido a glicose contida nele será absorvida.

Com isso, os picos de glicemia são constantes e o organismo fica muito mais suscetível ao acúmulo de gordura. Muitas pessoas que buscam o emagrecimento focam neste índice para perder peso.

O que não é errado, pois os alimentos de alto índice glicêmico favorecem o acúmulo de gordura e trazem pouca saciedade. Ao contrário do que os alimentos de baixo índice glicêmico, que são ricos em fibras. Sendo assim, são absorvidos mais lentamente. O que traz saciedade e evita os picos de glicose.

Como resultado, você tem o emagrecimento natural se combinar o consumo destes alimentos com uma alimentação equilibrada.  O polvilho doce e azedo é derivado da mandioca, a mandioca é um carboidrato complexo, ou seja, rica em fibras e com baixo índice glicêmico.

No entanto, pelo fato de passar por um processamento em sua produção, ele acaba não preservando a mesma quantidade de fibras da mandioca.

Sendo assim, para aproveitar os benefícios e torna-lo um alimento mais saudável, o ideal é consumi-lo com alimentos fonte de fibras, que pode vir das verduras, legumes ou de sementes como chia e linhaça.

Quer um exemplo? Um bom café da manhã com tapioca, onde na massa você acrescente 1 colher de sopa de chia e recheie com verduras, acaba sendo uma ótima opção para manter a boa forma.

Ou ainda, você pode preparar sua própria receita de biscoito de polvilho, incluindo alimentos funcionais como os já sugeridos aqui que são a linhaça ou chia, ou incluir o óleo de coco na composição da receita. Como você pode ver aproveitar os benefícios do polvilho azedo e doce é uma questão de fazer escolhas inteligentes!

Links úteis:

Polvilho informação nutricional

Em 100 gramas você encontra:

  • 351 kcal;
  • 0,4 gramas de proteína;
  • 86,8 gramas de carboidrato;
  • 0,2 gramas de fibras;
  • Gorduras totais: 0 gramas;
  • Gorduras saturadas: 0 gramas;
  • Gorduras trans: 0 gramas.

Agora que você conhece um pouco melhor as propriedades do polvilho, é hora de esclarecer as principais dúvidas a respeito do assunto, a fim te ajudar a conquistar muito mais qualidade de vida. Vamos lá!

Confira 9 respostas para as dúvidas mais comuns

1. O que é polvilho azedo?

O polvilho doce e azedo (1) ambos são extraídos da mandioca. No entanto, ele passa pelo processo de fermentação o que lhe dá um sabor mais azedo. Assim como o polvilho doce, o azedo também não contém glúten (proteína do trigo) e é fonte de carboidrato, ou seja, de energia.

2. Polvilho azedo ou doce engorda?

Tudo irá depender do quanto você consumir e como será sua alimentação diária. O que quero dizer é que, assim como qualquer outro alimento, se você consumir o polvilho doce e azedo em excesso e como parte de uma alimentação desregrada e pobre em nutrientes o resultado será o ganho de peso.

Outra questão a se considerar quando se pensa se o doce ou azedo engorda, são as opções industrializadas, onde você tem uma grande quantidade de sódio.

O sódio é inimigo de quem deseja se manter saudável e emagrecer. Isso porque, além de causar problemas como a hipertensão, ele promove a retenção líquida, fazendo com que você ganhe medidas.

3. Polvilho é carboidrato simples?

Sim! É um carboidrato simples, ou seja, de rápida absorção, pois não preserva a quantidade total de fibras da mandioca. No entanto, se você quer tornar este subproduto da mandioca uma opção saudável, combine-o com fibras combinado?

4. Polvilho faz mal a saúde?

A resposta mais uma vez passa pelo equilíbrio. Este como qualquer outro alimento, só fará mal se você consumi-lo em excesso e não torna-lo parte de uma rotina de vida saudável.

5. Polvilho é feito de que?

Tanto a versão doce como o azedo do alimento é feito a partir da mandioca e ambos passam por um processo industrial.  De forma simples, a mandioca chega à fábrica, onde ela será limpa, lavada e moída. Deste processo, extrai-se um caldo concentrado, que é basicamente composto pelo amido da mandioca.

Este caldo fica coberto com agua até decantar. Depois de decantar (separar o caldo das partes sólidas), é levado para caixas de cimento para ao processo de fermentação natural por 30 dias.

Depois da fermentação o polvilho doce e azedo, o azedo é levado para secar em tabuleiros sob o sol. Já o doce não é fermentado e vai direto para o processo de secagem nos tabuleiros, A partir daí a goma como também é conhecido o polvilho doce é utilizado em várias preparações.

6. Polvilho é low carb?

Não!  Por ser fonte de carboidratos simples, podendo levar a picos de glicose.

7. Qual a diferença entre polvilho e amido de milho?

O polvilho é extraído da fécula da mandioca, ou seja, do amido da mandioca, já o amido de milho como o próprio nome sugere é extraído do amido do milho, portanto, são coisas diferentes.

Enquanto que o amido de milho é extraído das partes comestíveis aéreas dos vegetais, ou seja, que estão acima da terra como as sementes, a fécula é extraída das partes subterrâneas dos vegetais, ou seja, aqueles que ficam embaixo da terra como é o caso da mandioca.

8. Fécula de mandioca e polvilho é a mesma coisa?

Sim! Também é conhecido como fécula de mandioca, ou ainda, carimã ou goma. Ele é basicamente o amido da mandioca.

9. Farinha de trigo faz mal a saúde

Ao longo do tempo, com o processo industrial nossa alimentação foi sendo modificada, onde tudo que é natural foi sendo substituído por alimentos industrializados, de fácil preparo, mas que escondem verdadeiros malefícios à saúde.

Este é o caso da farinha de trigo, por passar pelo processo de refinamento ela não preserva os nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo.

Além disso, é de rápida absorção, o que faz com que todos os produtos que levam esta farinha na composição, elevem os níveis de glicemia, levando a problemas como:

  • Acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal;
  • Aumento do apetite, pelo descontrole dos níveis de glicemia;
  • Resistência à insulina, o que pode levar ao desenvolvimento do diabetes;
  • Processo inflamatório do organismo por conta do glúten (proteína do trigo), o que leva ao ganho de peso.

O ideal então é substituir a farinha de trigo por opções mais saudáveis, como a farinha de banana verde, farinha de castanha do pará ou amêndoas e outras, que agregam valor nutricional e funcional à sua rotina de vida.

Conheça todas as farinhas de baixo carb e como fazer cada uma delas para incluir nas suas receitas e ter uma vida mais saudável no link abaixo:

E então, você conseguiu esclarecer suas dúvidas a respeito do polvilho doce e azedo? Se sim, que bom! Fico feliz em contribuir para que você adquira cada vez mais conhecimento sobre saúde e bem estar.

Se este artigo te ajudou de alguma forma, não deixe de, Comentar! Compartilhar e Avaliar!  Assim, outras pessoas terão acesso a boas informações.

Até a próxima e muita saúde!

Quantas estrelas merece esse artigo? Avalie! 😉

Share Button
 

Tenho Certeza Que Você Vai Gostar Também

Sem comentários

Deixe uma resposta